Tags

,

Hoje tentamos salvar a cica revoluta do jardim da frente.

Cycas revoluta

Cycas revoluta

Não me lembro há quanto tempo ela estava lá – uns quatro anos, talvez. No começo estava bonita (comprada grande e cara…), mas há algum tempo começou a ficar triste; primeiro as folhas se emplastaram no chão, em seguida ficaram amareladas, e por fim caíram, menos uma. Faz meses e meses que ela estava lá com a sua folha solitária e triste. No começo de julho eu comecei a desbastar o amendoim que estava em volta dela, invadindo – achei que era isso. Agora em agosto, tirei vários amendoins, arrancando com a raíz, e fiz uma borda bem grande, porque achei que ela precisava respirar. Mas fiquei encafifada ainda; fui ler sobre a cica, e o que eu descobri foi que a minha estava morrendo sufocada mesmo, mas não pelas outras plantas, e sim pela terra.

Ela estava plantada errado! Estava com o tronco enterrado… Só o topo do tronco, ou seja, a coroa, estava para fora da terra. E para piorar: estava sufocada de terra e afogada de água, porque eu na minha luta burra para salvar a planta, estava regando que nem doida, e ela não quer tanta água…

Bom, a essa altura só restava um último recurso: podamos a última folha e desenterramos a coitada, para ver como estava por baixo. E o tamanho do tronco enterrado… parece um abacaxi gigante. E as raízes lááá em baixo. Deixamos no sol um pouquinho para “arejar”, e replantamos num outro ponto, mais alto. Coloquei pedras em volta para drenar bem, e parei de regar.

Agora ela está lá coitada, parecendo um abacaxi tristonho, secando no sol.

Eu realmente espero que isso tenha salvado a cica. Eu adoro essa planta e fiquei triste de ter acabado com a coitada. Descobri que a cica é a planta mais antiga do mundo – é uma planta jurássica, literalmente, que sobreviveu milhões de anos até a pisoteio de dinossauro.

Espero que sobreviva a mim!

________________________________________

Uma cica revoluta feliz, para animar:

________________________________________

Links sobre a cica:

– cica